Topo

Portuguesa rebate post de Weintraub: deveria se ocupar em temas mais nobres

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

14/08/2019 14h53

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, arrumou uma indisposição nas redes sociais com a Portuguesa. O clube paulistano não gostou de uma postagem feita ontem por ele no Twitter e publicou hoje uma resposta.

Na terça-feira (13), estudantes, professores e entidades sindicais realizaram protestos em diversas cidades do Brasil para fazer críticas ao programa federal Future-Se (que quer financiar parte do ensino nas universidades públicas e regulamentar a gestão das instituições com participações de Organizações Sociais) e aos cortes na educação.

No Twitter, Abraham Weintraub ironizou a concentração de manifestantes reunidos diante do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, em São Paulo. Em sua postagem, o ministro fez alusão à torcida da Portuguesa, fazendo referência indireta ao número de torcedores do clube, inferior ao de equipes como Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos entre os paulistas.

"Após 46 anos a Portuguesa Futebol Clube finalmente volta a ser Campeã Paulista. A Leões da Fabulosa levou todos os torcedores do time do Canindé para comemorar na Av. Paulista (foto). A frota de combis (sic) congestionou a Al. Santos. O fornecimento de pães está suspenso até amanhã", registrou. Weintraub corrigiu o nome do veículo em posterior mensagem: "Oops, Kombi... Estava rindo quando escrevi".

O texto faz alusão ao último título da primeira divisão paulista do clube (1973), à principal organizada do clube (Leões da Fabulosa) e a uma das ruas paralelas à avenida Paulista (alameda Santos).

A resposta veio apenas hoje, data em que a Portuguesa comemora seu aniversário de 99 anos. Na rede social, o clube demonstrou seu descontentamento, cobrou seriedade do titular da pasta da Educação no governo de Jair Bolsonaro e corrigiu seu nome completou no post original.

"O excelentíssimo ministro da Educação deveria se ocupar em temas mais nobres para o país do que fazer chacota com o sentimento de milhares de torcedores da Portuguesa. Aliás, Abraham Weintraub, o nome da Lusa é Associação Portuguesa de Desportos, e não Portuguesa Futebol Clube", publicou.

Política