PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro diz que vai demitir secretário que usou avião da FAB

27.jan.2020 - O presidente Jair Bolsonaro - Alan Santos/PR
27.jan.2020 - O presidente Jair Bolsonaro Imagem: Alan Santos/PR

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

28/01/2020 08h33Atualizada em 28/01/2020 13h37

Resumo da notícia

  • Ministro interino da Casa Civil se deslocou de Davos para Índia em aeronave oficial
  • Outras autoridades utilizaram companhias aéreas comerciais para mesma viagem
  • Presidente diz que situação é inadmissível; Casa Civil afirmou que solicitação de secretário é permitida por lei
  • Segundo Bolsonaro, outras medidas contra assessor poderão ser tomadas

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou hoje que vai demitir o secretário executivo da Casa Civil, Vicente Santini, depois de ele ter utilizado avião oficial em viagem para a Índia.

Bolsonaro considerou "inadmissível" o fato de apenas Santini, na condição de ministro interino da Casa Civil, ter se deslocado em aeronave da FAB (Força Aérea). As demais autoridades utilizaram companhias aéreas comerciais.

"Inadmissível o que aconteceu. Já está destituído da função de executivo do Onyx [Lorenzoni, ministro da Casa Civil, que está licenciado do cargo]. Decidido por mim", afirmou o presidente na chegada ao Palácio da Alvorada, nesta manhã. Ele retornou ao país depois de quatro dias de agendas oficiais na Índia.

Bolsonaro disse ainda que, além da demissão, estudará outras medidas cabíveis contra Santini. "Vou conversar com o Onyx e ver quais outras medidas podem ser tomadas contra ele. Inadmissível o que aconteceu. Ponto final."

"O cargo de Executivo da Casa Civil já está perdido. Outras coisas virão depois de conversar com o Onyx", completou.

Apesar de ter anunciado a "destituição" do cargo, Bolsonaro não deixou claro se Santini será ou não reaproveitado em outro cargo dentro da estrutura do governo federal.

Em resposta enviada ontem à imprensa, a Casa Civil alegou que "a solicitação [para uso da aeronave da FAB] seguiu os critérios definidos na legislação vigente".

Ouça o podcast Baixo Clero com análises políticas de blogueiros do UOL.

Os podcasts do UOL estão disponíveis no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Política