PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
9 meses

Sakamoto: "Bolsonaro é visto como um dos piores líderes do mundo"

Do UOL, em Porto Alegre

15/05/2020 14h04

O colunista do UOL Leonardo Sakamoto afirmou que a demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich, será mais uma marca negativa na trajetória do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"Bolsonaro, hoje, ao redor do mundo, já é visto como um dos piores líderes no enfrentamento a covid-19. Está entre os 'fabulous four' dos líderes mundiais, que são vistos como 'terraplanistas' na questão da covid-19", afirmou Sakamoto em programa com a participação dos também colunistas do UOL Thaís Oyama, Tales Faria e Jairo Bouer.

Bolsonaro defende o uso da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19, ao contrário dos dois ministros da saúde que já deixaram o posto em sua gestão. Primeiro, Luiz Henrique Mandetta, e hoje, Nelson Teich.

Além disso, o presidente do Brasil defende o relaxamento do isolamento social, para priorizar a retomada da economia do país.

"É claro que Bolsonaro não faria algo ao estilo golpe tradicional. Acho que qualquer ação autoritária do Bolsonaro começaria com declaração de estado de sítio, que levanta direitos e levanta liberdades, a manutenção prolongada disso. E a partir daí utilizaria isso pra ocupar espaços e até mesmo desmobilizar adversários", completou Sakamoto.

Teich deixou hoje o governo hoje após permanecer 29 dias no cargo. A saída do ministro acontece menos de um mês após ele substituir Luiz Henrique Mandetta na pasta, e já vinha sendo cogitada havia alguns dias. Uma entrevista coletiva está marcada para esta tarde no ministério para esclarecer a exoneração.

A postura do presidente vem sendo alvo de críticas de muitos jornais estrangeiros. Na semana passada, a revista científica The Lancet classificou Bolsonaro como a maior ameaça à luta contra o coronavírus no Brasil. Durante a crise da pandemia, o The New York Times mostrou que o brasileiro estava isolado em suas atitudes e o jornal The Washington Post explicou que Bolsonaro é o governante que mais coloca em risco a vida de seus compatriotas entre todos os líderes mundiais.

Coronavírus