PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

GSI diz que criou 'melhores condições possíveis' para trabalho da imprensa

21.mai.2020 - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília - Reprodução/Facebook
21.mai.2020 - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

26/05/2020 13h38

O GSI (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República) divulgou uma nota hoje afirmando que "criou as melhores condições possíveis para o trabalho dos profissionais de imprensa" no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O comunicado é uma resposta ao fato de quatro empresas de comunicação — UOL, Folha de S. Paulo, Globo e Band — terem informado a decisão de suspender a cobertura jornalística por questão de segurança.

"O GSI entende e respeita os princípios de liberdade de expressão garantidos pela legislação vigente. Assim sendo, criou as melhores condições possíveis para o trabalho dos profissionais de imprensa e, também, um espaço reservado aos apoiadores do presidente", diz um trecho do comunicado.

"Continuaremos aperfeiçoando esse dispositivo, para que o local permaneça em condições de atender às expectativas de trabalho e de livre manifestação dos públicos distintos que, diariamente, comparecem ao Palácio da Alvorada", acrescenta.

Leia a nota na íntegra:

Nota à Imprensa

Acerca da opção de determinados veículos de imprensa de não mais comparecerem ao portão do Palácio da Alvorada, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) esclarece que avalia ininterruptamente as condições de segurança dos locais onde o Presidente esteja ou possa vir a estar. Em decorrência desta avaliação, implementa as medidas necessárias e suficientes para garantir a segurança adequada. No caso específico do Alvorada, adotou, dentre outras, as seguintes práticas:

- Separação física, por meio de gradis, das áreas destinadas ao público em geral (visitantes) e aos repórteres.

- Registro e inspeção de todos os presentes, inclusive com passagem por detector de metal.

- Orientação quanto à utilização de EPI e manutenção de distanciamento adequado à situação do COVID-19.

- Alocação de efetivo de agentes de segurança condizente com o público presente.

Algumas medidas mais restritivas deixaram de ser tomadas, sem sério prejuízo para a segurança, em atendimento à solicitação de integrantes da imprensa, que viram, nestas medidas, óbices ao exercício de suas atividades laborais. O GSI entende e respeita os princípios de liberdade de expressão garantidos pela legislação vigente. Assim sendo, criou as melhores condições possíveis para o trabalho dos profissionais de imprensa e, também, um espaço reservado aos apoiadores do Presidente.

Continuaremos aperfeiçoando esse dispositivo, para que o local permaneça em condições de atender às expectativas de trabalho e de livre manifestação dos públicos distintos que, diariamente, comparecem ao Palácio da Alvorada.

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação Social do GSI Brasília, DF, 26 de maio de 2020

Política