PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Jefferson diz que Silveira assinou ficha de filiação ao PTB; advogado nega

Silveira foi preso na noite de 16 de fevereiro e está detido no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar, em Niterói (RJ) - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Silveira foi preso na noite de 16 de fevereiro e está detido no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar, em Niterói (RJ) Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

25/02/2021 15h55Atualizada em 25/02/2021 16h44

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, anunciou hoje que o deputado federal Daniel Silveira assinou, na prisão, a ficha de filiação ao partido. A informação foi dada no Twitter e confirmada pela assessoria de Jefferson à reportagem.

O advogado de Daniel Silveira, Maurizio Spinelli, no entanto, nega que o deputado já tenha se filiado ao PTB. Spinelli afirmou, também no Twitter, que "não houve assinatura em nenhuma ficha".

Atualmente, Silveira é deputado do PSL pelo Rio de Janeiro. No entanto, sofre processo interno no PSL que pode levar à sua expulsão do partido.

Na rede social, Jefferson deu boas-vindas ao deputado e disse que "daremos sangue por você". "Nós não abandonamos o soldado ferido", completou.

A foto que acompanha a publicação não é de hoje. Ela foi tirada em um clube de tiro de Pernambuco em agosto do ano passado, segundo a assessoria de Jefferson. Na imagem, aparecem Jefferson, Silveira e o presidente do PTB em Pernambuco, Coronel Meira, além de homens com vestes militares e armados.

Roberto Jefferson está hoje em Brasília tratando de assuntos partidários e a ficha de filiação foi levada para Silveira em Niterói, no Rio de Janeiro, pelos advogados do próprio deputado federal, informou a assessoria do presidente nacional do PTB.

Daniel Silveira foi preso na noite de 16 de fevereiro e está detido no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar, em Niterói, cidade fluminense. Antes, o parlamentar ficou preso no alojamento de uma Superintendência da Polícia Federal no Rio.

A prisão de Silveira foi determinada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) após falas consideradas antidemocráticas. A detenção foi confirmada pela Câmara dos Deputados em plenário. Silveira responde a processo disciplinar no Conselho de Ética da Casa que pode levar à cassação de seu mandato.

O PTB conta com uma bancada de 11 deputados federais, segundo o portal da Câmara dos Deputados.

Política