PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Busca por 'aerotrem' na internet cresce 1.000% após morte de Levy Fidelix

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

24/04/2021 15h36

A morte do político Levy Fidelyx (PRTB), vítima da covid-19, levou a um aumento exponencial das pesquisas pelo termo "aerotrem" no buscador do Google. De acordo com os dados disponibilizados pela plataforma "Trends", entre a noite de ontem e a manhã deste sábado (24), o interesse cresceu aproximadamente 1.000%. O pico ocorreu por volta das 9h de hoje.

O aerotrem entrou para o folclore da política brasileira depois de ter sido a principal proposta de Fidelix apresentada nas oportunidades em que ele foi candidato à Presidência da República.

Pesquisas por "aerotrem" no Google Trends - Reprodução/GTrends - Reprodução/GTrends
Pesquisas por "aerotrem" no Google Trends
Imagem: Reprodução/GTrends

Fundador do PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), Fidelix concorreu duas vezes à chefia do Executivo federal: em 2010 e 2014. Sua votação mais expressiva foi em 2014, quando recebeu 440 mil votos, o equivalente a 0,43% dos votos válidos.

Em 2018, o político veterano chegou a cogitar uma terceira candidatura, mas desistiu e acabou entrando para a rede de apoiadores de Jair Bolsonaro (sem partido).

O PRTB é o partido do vice-presidente da República, o general Hamilton Mourão. A parceria entre o militar, estreante na política, e o então candidato Bolsonaro (que liderava as pesquisas de opinião) foi costurada com participação decisiva de Fidelix.

A insistência na proposta de um moderno sistema de transporte público, que consistiria numa espécie de trem bala para fazer a ligação entre Campinas (SP), São Paulo e Rio de Janeiro, rendeu apelido a Fidelix: "o homem do aerotrem".

Sua última participação em eleições foi em 2020, quando tentou a Prefeitura de São Paulo. Na ocasião, disse que pretendia desapropriar a região da Cracolândia e criar "o maior shopping de tecnologia e eletrônicos da América Latina".

Política