PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
6 meses

Bolsonaro diz na COP26 que Brasil é 'solução' para o clima; leia íntegra

Do UOL, em Brasília

01/11/2021 17h05Atualizada em 01/11/2021 19h20

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) evitou entrar em polêmicas em pronunciamento feito hoje para a COP26, a 26ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, que acontece em Glasgow, na Escócia. Bolsonaro, que está na Itália, havia gravado previamente o discurso exibido no evento.

Em sua fala, o presidente afirmou que o Brasil sempre foi "parte da solução, não do problema" para combater as mudanças climáticas. Bolsonaro citou o lançamento do Programa Nacional do Crescimento Verde, que dará financiamentos e subsídios no país para incentivar atividades econômicas sustentáveis.

O presidente afirmou, também, que o país investe 50 bilhões de dólares em áreas como conservação e restauração florestal, agricultura de baixas emissões, energia renovável, saneamento, transporte e tecnologia da informação.

Leia a íntegra do pronunciamento:

"O Brasil é uma potência verde. Temos a maior biodiversidade do planeta, a maior e mais rica cobertura florestal e uma das maiores áreas oceânicas. No combate à mudança do clima, sempre fomos parte da solução, não do problema.

Na semana passada, lancei as bases do Programa Nacional de Crescimento Verde, que traz as preocupações ambientais para o centro da agenda econômica. Ao promover uma "economia verde", o Programa vai orientar as ações de proteção e conservação do meio ambiente por meio de incentivos econômicos, direcionando recursos e atraindo investimentos. Com isso, vamos favorecer ações e projetos de conservação da floresta, uso racional dos recursos naturais, redução de emissões de gases de efeito estufa e, principalmente, geração de "empregos verdes".

Atualmente, o Governo Federal conta com linhas de crédito e investimentos que, somadas, superam a casa dos cinquenta bilhões de dólares. Esse montante é oferecido para projetos "verdes", em áreas como conservação e restauração florestal, agricultura de baixas emissões, energia renovável, saneamento, transporte e tecnologia da informação. Esses recursos vão impulsionar a economia, gerar emprego, e contribuir para consolidar o Brasil como a maior "economia verde" do mundo.

Nossa iniciativa está em linha com a resposta global à mudança do clima. Promove o desenvolvimento sustentável com baixas emissões e busca a erradicação da pobreza, garantindo a produção de alimentos em larga escala, tão importante para a segurança alimentar global. Vamos agir com responsabilidade, buscando soluções reais para uma transição que se faz urgente. Vamos oferecer melhor qualidade de vida a todos os brasileiros. Assim vamos, também, contribuir para melhorar a qualidade de vida em todo o planeta.

Repito minha mensagem a todos que participam da COP-26 e ao povo brasileiro: o Brasil é parte da solução para superar esse desafio global. Os resultados alcançados por nosso país até 2020 demonstram que podemos ser ainda mais ambiciosos. Por isso, autorizei o Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, a apresentar durante a COP-26 novas metas climáticas".

Política