PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Onyx vai se filiar ao PL e concorrer ao governo do RS, diz dirigente

Onyx Lorenzoni está no DEM desde 2007 - Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Onyx Lorenzoni está no DEM desde 2007 Imagem: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

29/11/2021 19h34

O deputado federal Giovani Cherini, presidente do diretório gaúcho do PL, disse hoje que o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, irá se filiar ao partido e concorrer ao governo do Rio Grande do Sul.

Durante a sessão que discute novas regras para as emendas de relator, Cherini cumprimentou o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), que se juntará à sigla amanhã. "Quero também dar boas-vindas ao ministro Onyx, que estará entrando em breve no PL do Rio Grande do Sul para ser nosso candidato a governador do estado do Rio Grande do Sul", declarou.

Atualmente, Onyx é deputado federal licenciado pelo DEM, onde está desde 2007. Em 2018, foi eleito para o quinto mandato na Câmara. Antes, foi deputado estadual do Rio Grande do Sul entre 1995 e 2003.

O PL receberá Bolsonaro com festa amanhã em Brasília. Os detalhes são mantidos em sigilo, mas representantes do PL afirmam nos bastidores que a temática religiosa dará o tom do evento. Amanhã, se comemora o Dia do Evangélico — feriado local do Distrito Federal.

Segundo correligionários, a ideia original era organizar o evento num dia que remetesse ao número da legenda na urna, 22. Inicialmente, a filiação aconteceria em 22 de novembro, mas desentendimentos entre Bolsonaro e Valdemar da Costa Neto, presidente nacional da sigla, adiaram os planos. Como em dezembro a data em questão seria próxima ao Natal, período de recesso em Brasília, optou-se pelo feriado desta terça.

O filho mais velho de Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro (que está de saída do Patriota-RJ), vai se filiar ao PL junto com o pai.

Política