Conteúdo publicado há 2 meses

Vereador do RJ faz comentário machista: 'Deixa mulher fazendo outra função'

Um vereador de Iguaba Grande (RJ) fez um comentário machista ao responder a um elogio feito ao trabalho dele pela única mulher a ocupar uma cadeira no Legislativo da cidade.

O que aconteceu

Júnior Bombeiro da Saúde (MDB) disse que uma mulher na Câmara Municipal era o suficiente. O comentário aconteceu depois de a vereadora Silvana Grimauth (Cidadania) elogiar um projeto dele sobre empreendedorismo feminino e falar sobre a importância de mais mulheres ocuparem postos na Câmara.

"Deixa a mulher lá fora fazendo outra função", disse o vereador. Ao agradecer o elogio da colega, Júnior disse ainda que tinha muitas mulheres na vida dele, citando a esposa e duas cachorras.

Silvana riu durante a fala do vereador, mas pediu para que ele não fizesse esse tipo de comentário. O caso aconteceu na última terça-feira (5), e a sessão seguiu normalmente.

Só não concordo ter que trocar, encher de mulher aqui não, tá?! Deixa a mulher lá fora fazendo outra função. Parabéns que a senhora é uma excelente legisladora e se papai do céu te abençoar você vai voltar. Mas pra botar mais, deixa que é muito bom uma aqui (...) Só em casa eu tenho três, minha esposa e minhas duas cadelas, que são meus amores. Vereador Júnior Bombeiro da Saúde (MDB)

Pedido de desculpas

O vereador negou ser preconceituoso e disse que os comentários nas redes sociais sobre o caso foram "oportunistas". Na sessão de quinta-feira (7), ele pediu desculpas à vereadora "e a todas as mulheres que se sentiram ofendidas" e citou projetos voltados ao público feminino apresentados por eles.

Silvana falou na sequência e disse que esse tipo de fala não pode ser aceito. "Uma pessoa pública precisa pesar a sua palavra, porque influencia muitas pessoas (...) Naquele momento eu fiquei tão sem graça, que eu não sabia o que falar. Hoje eu entendo porque as mulheres se sentem incomodadas com isso. Mas não é sobre causar polêmica ou trampolim político, é sobre entender que as mulheres estão brigando por um espaço que nunca tiveram. As mulheres precisam acreditar que podem estar aqui", disse.

Continua após a publicidade

Se eu fosse machista, não estaria aqui defendendo e protegendo as mulheres (...) O machista aprova lei a favor das mulheres. Vereador Júnior Bombeiro da Saúde (MDB)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes