Acupunturista suíço teria causado infecção por HIV

São Paulo - Autoridades suíças investigam se um acupunturista infectou intencionalmente 15 pessoas com o vírus da aids. O caso chocou o país nesta semana, quando o tabloide "Blick" informou que as autoridades mantiveram silêncio sobre as acusações desde que receberam uma queixa a respeito, há cinco anos.

Uma investigação foi aberta após uma suposta vítima entrar com ação em 2005. Até agora, 19 pessoas com HIV declararam ter tido contato com o acupunturista, que não foi identificado. "Quinze pessoas acham que sua doença pode ter alguma coisa a ver com o acusado", disse o encarregado da investigação, Hermann Fleischhackl. "Quatro não deram nenhuma explicação para sua infecção ou, pelo menos, não a ligaram ao acusado."

As pessoas teriam sido infectadas entre 2001 e 2005. Não se sabe ao certo como as vítimas foram contaminadas. Fleischhackl disse que decidirá só em 2011 se vai recomendar que o acupunturista seja formalmente acusado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos