PUBLICIDADE
Topo

Mais de 2.000 morreram de ebola na África, diz OMS

Do UOL, em São Paulo

05/09/2014 15h08

O balanço de mortes causadas pela epidemia do ebola ultrapassou as 2.000 pessoas, informou nesta sexta-feira (5) a Organização Mundial da Saúde (OMS), que decidiu testar as terapias de tipo sanguíneo e soros para combater a doença nos países afetados.

Esses testes serão realizados no Mali, conforme decidiram os especialistas reunidos para discutir a questão.

"Nós chegamos a um consenso", declarou à imprensa Marie-Paule Kieny, assistente do diretor-geral da OMS, após uma reunião de dois dias em Genebra com quase 200 especialistas.

Mais sobre o ebola

A organização disse ainda que os resultados dos testes dos primeiros protótipos da vacina serão conhecidos em novembro.

As Nações Unidas fixaram a meta de deter a extensão da epidemia de ebola nos próximos seis a nove meses, conforme afirmou nesta sexta-feira o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Depois de uma reunião com altos funcionários da Saúde, Ban afirmou que "as próximas semanas serão decisivas" para intensificar os esforços internacionais para combater a pior epidemia mundial de ebola.

Saiba mais sobre ebola

  • O que é o ebola?

    A doença é causada pelo vírus ebola e, no surto atual, já matou quase a metade dos pacientes diagnosticados com a doença. Tem sintomas como febre, vômito, diarreia e hemorragia.

  • Como se contrai o vírus?

    O ebola é transmitido pelo contato direto com sangue e fluídos corporais (suor, urina, fezes e sêmen) de pessoas contaminadas e de tecidos de animais infectados.

  • Quais países têm mais casos de ebola?

    Guiné, Libéria e Serra Leoa vivem surtos de ebola. Na Nigéria houve casos da doença, mas o vírus deixou de ser ameaça no país. EUA e alguns países europeus resgataram compatriotas infectados para tratamento.

  • Quem tem mais risco de contrair a doença?

    Parentes dos pacientes e os profissionais de saúde que tratam os pacientes com ebola são os indivíduos em maior situação de risco. Mas, qualquer pessoa que se aproxime de infectados ou de seus corpos sem vida se coloca em risco.

  • O ebola tem cura?

    Não há remédio que cure o ebola propriamente. Existem apenas medicamentos e vacinas experimentais sendo testadas no Canadá, nos Estados Unidos e na África, que surtiram o efeito desejado, isto é, zeraram a carga viral dos infectados. Quem sobreviveu ao tratamento continuará sendo monitorado por um tempo.

Notícias