Alimentação

Anvisa proíbe distribuição de canela com pelo de roedor

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e a venda de um lote de canela em pó, amido e açúcar da marca Fã depois que fragmentos de inseto e de pelo de roedor foram encontrados nas amostras analisadas.

O produto é produzido pela Junco-Industria e Comercio Ltda.

A medida foi publicada por meio de resolução no "Diário Oficial da União" de quarta-feira (2).

Segundo laudo emitido pelo Instituto Octávio Magalhães da Fundação Ezequiel Dias, em Minhas Gerais, o lote apresentou matéria estranha indicativa de risco à saúde humana acima do limite de tolerância estabelecido.

Pela determinação da Anvisa, a empresa terá de recolher todo o estoque do produto que existir no mercado relativo ao lote 3855, que tem validade até 23/08/2018.

Em nota a Junco afirma que assim que detectou problemas no produto providenciou a retirada do lote do mercado

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos