PUBLICIDADE
Topo

Banco de Singapura evacua 300 funcionários de sede por caso de coronavírus

Entrada do Centro Financeiro de Marina Bay, que teve andar evacuado após caso de coronavírus - Edgar Su/Reuters
Entrada do Centro Financeiro de Marina Bay, que teve andar evacuado após caso de coronavírus Imagem: Edgar Su/Reuters

Do UOL, com informações da Reuters

12/02/2020 07h10

O maior banco da Singapura, o DBS, evacuou 300 funcionários de sua sede hoje na área central do país como medida de precaução após um caso confirmado de coronavírus.

"O DBS confirma hoje que um funcionário foi infectado com o novo coronavírus", afirmou o banco em comunicado publicado pela Reuters.

Um profissional foi testado em 11 de fevereiro e o banco foi informado da confirmação na manhã de hoje.

Às 12h local, o banco pediu a todos os funcionários do andar afetado que desocupassem o local e trabalhassem em casa.

"Como medida de precaução, todos os 300 colegas do andar 43 da prédio foram liberados e trabalharão em casa por enquanto", diz o comunicado.

A sede DBS fica no Centro Financeiro de Marina Bay, em uma das áreas mais movimentadas do país. O banco disse que estava realizando um rastreamento detalhado dos contatos relacionados ao funcionário infectado.

Singapura registrou 47 casos de coronavírus, um dos mais altos fora da China, incluindo evidências crescentes de transmissão local. O governo tenta acalmar a população depois de elevar o nível de alerta do vírus na semana passada, provocando pânico na compra de itens essenciais como arroz e papel higiênico.

Na China, autoridades informaram que o número de vítimas fatais no país chegou a 1.113. O número de casos confirmados de infecção pelo vírus desde o início do surto, em dezembro, chegou a 44.653, com a identificação de 2.015 novos pacientes.

UOL Explica - O que é o coronavírus?

Saúde