PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Coronavírus: Evento com participação de Maia coloca 26 em isolamento

Entrada do Centro de Eventos de Brasília, onde estava sendo realizado o evento "Educação Já" - WALLACEMARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Entrada do Centro de Eventos de Brasília, onde estava sendo realizado o evento "Educação Já" Imagem: WALLACEMARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Eduardo Militão, Guilherme Mazieiro e Tales Faria

Do UOL, em Brasília

10/03/2020 16h08Atualizada em 10/03/2020 18h17

Um evento com a participação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), colocou 26 pessoas em isolamento em Brasília por causa da suspeita de contaminação de coronavírus. A presidente-executiva da ONG Todos pela Educação, Priscila Cruz, está com suspeita da doença e foi isolada num hotel.

O isolamento de outros 25 membros da equipe a entidade é menor. É um isolamento "auto imposto", por uma sugestão da médica que atendeu Priscila, afirmou o diretor de Estratégia Política da ONG, João Marcelo Borges.

Ironizando declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Rodrigo Maia disse que não fará isolamento e que não há razões para medo. Ele usou álcool em gel para lavar as mãos na frente dos jornalistas.

"Não há motivo para ter medo, que é um exagero nosso", avaliou. "Eu acho que a gente tem que tomar cuidado. Fazer todos os procedimentos que o Ministério da Saúde recomenda: álcool em gel, lavar as mãos" (veja mais abaixo).

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), apertou as mãos de Maia e disse que fez isso sem medo mesmo depois do isolamento dos especialistas da ONG.

Nenhum dos 25 membros da equipe tem sintomas da doença. "É uma precaução", disse Borges, em entrevista na tarde de hoje.

"Nossa equipe deixa de participar de quaisquer reuniões. Esta é a primeira entrevista coletiva. Qualquer outra que a gente venha a fazer será por streaming, entrevista por vídeos. Não participaremos de nenhuma outra reunião com atores externos até que a gente um resultado amanhã", enumerou ele. A equipe está trabalhando apenas remotamente, complementou.

As 25 pessoas ficam em Brasília pelo menos até a noite de amanhã, quando devem sair os novos exames de Priscila Cruz. Dezenove delas moram em São Paulo e estão em vários hotéis da capital federal.

O Todos pela Educação cancelou o evento "Educação Já" nesta terça-feira (10), que era realizado em Brasília. A anfitriã do evento, Priscila Cruz, que é presidente-executiva da ONG, fez um primeiro teste, que apresentou suspeita para a infecção, segundo a assessoria de imprensa.

O caso ainda é analisado. Os novos exames só saem em 48 horas.

Casos confirmados de coronavírus no Brasil

  • São Paulo: 19
  • Rio de Janeiro: 8
  • Bahia: 2
  • Minas Gerais: 1
  • Alagoas: 1
  • Distrito Federal: 1
  • Espírito Santo: 1
  • Rio Grande do Sul: 1

Câmara questiona se precisa mudar regras de circulação

Ao chegar à Câmara, Maia foi questionado se estava com medo do coronavírus. Ele ironizou as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e afirmou que a Casa analisa se será necessário restringir a circulação de pessoas.

"O presidente disse que não há motivo para ter medo, que é um exagero nosso. Eu acho que a gente tem que tomar cuidado. Fazer todos os procedimentos que o Ministério da Saúde recomenda: álcool em gel, lavar as mãos", declarou.

Ele afirmou que pediu ao diretor geral da Câmara se reunir com o Ministério da Saúde para saber se é necessário ou não mudar as regras para circulação de pessoas na Casa.

"Já pedi para o diretor-geral falar com o Ministério da Saúde se vale a pena restringir acesso. Esses procedimentos de evitar aglomeração, número grande de pessoas. Aqui circula muita gente por dia, né? Todo ambiente em que você tem pessoas que circulem com renda de classe média alta, certamente tem algum cruzamento com viagem por alguma região da Europa e da Ásia [com casos da doença]", declarou.

Ele afirmou que pediu à diretoria geral que coloque mais álcool em gel à disposição. O portal da Câmara informa que pelas suas dependências circulam cerca de 18 mil pessoas por dia e pode chegar a 26 mil nas terças e quartas, quando há sessão em plenário.

Antes de tomar o elevador, Maia apertou o suporte de álcool em gel e esfregou as mãos em frente aos jornalistas.

Doria diz que aperto de mão de Maia fortalece democracia

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que se reuniu com Rodrigo Maia hoje, disse que apertou as mãos do deputado sem receio algum mesmo depois de a organização do evento "Educação Já" isolar 26 pessoas da organizaçã.

"Lógico que apertei a mão", disse. "Apertei e apertarei sempre. Não tem problema. São as medidas normais. O meu aperto de mão com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não contamina, ao contrário, fortalece. Fortalece principalmente a democracia", brincou Doria.

Educadora está sem febre, diz ONG

Segundo Borges, a presidente da ONG Todos pela Educação, Priscilla Cruz, está sem febre agora. Ela participou do evento ontem, mas, por volta das 16h, começou a ter um mal estar. À noite, foi ao hospital. E, por recomendação médica, voltou ao hotel. Ela recebe as refeições pela porta, mas não tem contato nem mesmo com os funcionários do serviço de quarto.

Não há mais febre, embora Priscila ainda tenha um pouco de dor de garganta. "Ela está com quadro clínico melhor do que o de ontem", explicou Borges.

Ele avaliou que foi acertada a decisão de cancelar o evento "Educação já". "Muito embora não exista nenhuma recomendação das autoridades, resolvemos cancelar o evento de forma preventiva. A gente entendeu que era melhor proteger todos tendo a vista a possibilidade de contágio."

O evento tinha 350 pessoas. O Ministério da Educação (MEC) foi convidado mas "nenhum abriu espaço em sua agenda" para participar o maior evento da educação do ano, segundo a própria Priscila Cruz.

Hoje, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, ironizou a suspeita de que Priscila esteja doente. "Para fechar o bloco de informações sobre Priscila Cruz e sua ONG "Todos pela Educação": CORONAVÍRUS!!!", escreveu o político. Borges disse que o comentário "não merece" resposta.

Saúde