PUBLICIDADE
Topo

Cloroquina não supera cuidados básicos contra a covid-19, afirma estudo

Do UOL, em São Paulo

25/03/2020 13h12

A cloroquina, remédio utilizado no tratamento da malária, não é mais eficiente que os cuidados básicos e higiene contra o novo coronavírus. A afirmação partiu de um estudo da Universidade de Zhejiang, na China.

O estudo foi feito após a efetividade da droga ser anunciada pelo presidente norte-americano Donald Trump.

Segundo o relatório, os pacientes que receberam o medicamento não tiveram uma recuperação melhor do que os que não receberam.

O estudo da universidade contou com apenas 30 pacientes. Metade deles recebeu a cloroquina e desses, 13 tiveram resultado negativo para covid-19 uma semana após o tratamento. A outra metade, que não recebeu, contou com 14 pacientes recuperados no mesmo período.

Os pesquisadores responsáveis concluíram que novos estudos com mais pacientes serão necessários para investigar completamente os reais riscos ou benefícios cloroquina.

Coronavírus