PUBLICIDADE
Topo

Pernambuco aumenta bloqueios para fiscalizar rodízio na quarentena

Agentes fiscalizam rodízio na região metropolitana do Recife, criado para ampliar o isolamento social - Aluísio Moreira/SEI Pernambuco
Agentes fiscalizam rodízio na região metropolitana do Recife, criado para ampliar o isolamento social Imagem: Aluísio Moreira/SEI Pernambuco

Marcelo Oliveira

Do UOL, em São Paulo

23/05/2020 16h25

Resumo da notícia

  • Governo de Pernambuco ampliou de 43 para 50 o número de bloqueios para fiscalizar o rodízio na Grande Recife
  • Rodízio foi determinado dia 11 de maio para tentar ampliar o isolamento social na região

O governo de Pernambuco anunciou hoje que vai aumentar de 43 para 50 o número de bloqueios para fiscalizar o rodízio de veículos na última semana da quarentena na região metropolitana do Recife, previsto para terminar no dia 31 de maio.

No período de 16 a 22 de maio, foram empregados 8.364 profissionais de diversos setores, principalmente da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Vigilância Sanitária, Detran, Procon e Guardas Municipais.

Distribuídas em 43 pontos estratégicos de bloqueio, as equipes abordaram 62.992 veículos para verificar o cumprimento da medida que determinou o rodízio nos municípios do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

O rodízio foi a principal medida para tentar ampliar o isolamento social decretada pelo governo do Estado em 11 de maio visando ampliar a quarentena na região. O governo nega que as medidas configurem lockdown.

O governo pernambucano também fiscalizou 14.048 casas comerciais ou de serviços no período. Também foram distribuídas 14.980 máscaras, quatro mil cestas básicas e 2.610 kits de higiene.

Até ontem (22), Pernambuco registrava 25.760 casos de covid-19, 2.057 mortes e 4.361 pacientes recuperados.

Coronavírus