PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Covid: Com 1.189 novas mortes em 24 h, Brasil chega a 91.377 óbitos

Enterro de vítimas de coronavírus no Cemitério do Cajú (São Francisco Xavier) no Rio de Janeiro - SAULO ANGELO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Enterro de vítimas de coronavírus no Cemitério do Cajú (São Francisco Xavier) no Rio de Janeiro Imagem: SAULO ANGELO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

30/07/2020 19h03Atualizada em 30/07/2020 20h22

O Brasil registrou, nas últimas 24 horas, mais 1.189 novas mortes causadas pela covid-19, segundo levantamento feito pelo consórcio de imprensa do qual o UOL faz parte, com dados das secretarias estaduais de Saúde. Com isso, agora o número total de vítimas da doença chegou a 91.377.

Os dados do consórcio de imprensa indicam ainda que os estados acrescentaram 58.271 novos casos de covid-19 de ontem para hoje. O total de infectados em todo o país chegou a 2.613.789.

A média móvel indica que o país teve 1.024 registros de óbitos por dia na última semana. O consórcio de imprensa passou recentemente a divulgar esse dado, que calcula a média de óbitos observada nos últimos sete dias. Essa operação é a mais adequada para acompanhar a tendência das estatísticas, por equilibrar as variações abruptas dos números ao longo da semana.

Com base no levantamento do consórcio, 11 estados apresentaram queda na média móvel de mortes, enquanto 7 tiveram alta. Entre as regiões, Norte (-31) e Nordeste (-20%) mantiveram em baixa e só o Sul (+22%) continuou a ver crescimento na variação dos últimos 14 dias.

Veja a oscilação nos estados:

  • Aceleração: AC, GO, MS, RJ, RS, RR e SC
  • Estabilidade: BA, DF, MG, MT, PR, RO, SP, SE e TO
  • Queda: AM, A, AP, CE, ES, MA, PA, PB, PE, PI e RN

Já o boletim diário do Ministério da Saúde informou que passaram a ser contabilizadas, nas últimas 24 horas, 1.129 novas mortes em decorrência da covid-19 no Brasil. O total de vítimas da infecção provocada pelo novo coronavírus agora chegou a 91.263.

Também foram reportados de ontem para hoje, de acordo com o governo federal, 57.837 novos diagnósticos confirmados de covid-19, o que eleva o total de infectados para 2.610.102.

Os dados de hoje do ministério indicaram ainda que o Brasil tem hoje 694.744 pacientes em acompanhamento, enquanto outros 1.824.095 casos são considerados como recuperados.

Primeira-dama e ministro recebem diagnóstico de covid-19

A primeira-dama Michelle Bolsonaro e o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, testaram positivo para a covid-19. Segundo nota da secretaria especial de Comunicação Social da presidência, "ela apresenta bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabelecidos". Além do marido Jair Bolsonaro (sem partido), Michelle teve outra pessoa da família atingida pelo coronavírus: a avó Maria Aparecida Firmo Ferreira, que está internada desde 1º de julho com covid-19.

Pontes é o quinto ministro do governo Bolsonaro a contrair o vírus. Ele contou que apresentou sintomas de gripe e que já iniciou o período de isolamento para se recuperar da doença.

Veículos se unem em prol da informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro (sem partido) de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa e assim buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes recentes de autoridades e do próprio presidente colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Coronavírus