PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Rio: 91% das UTIs para Covid-19 da capital estão ocupadas

Pacientes em UTI do Rio de Janeiro, onde a ocupação de leitos passou de 91% - Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images
Pacientes em UTI do Rio de Janeiro, onde a ocupação de leitos passou de 91% Imagem: Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images

Gabriel Sabóia

Do UOL, no Rio

10/12/2020 16h08

A taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) voltados exclusivamente para o tratamento de pacientes com covid-19 na cidade do Rio de Janeiro chegou a 91% e se aproxima do índice de maio, quando o registro foi de 95% —o ápice da ocupação hospitalar na capital fluminense.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 na rede SUS (Sistema Único de Saúde) - que inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais - bateu os 91% na tarde de hoje (10). Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 86%.

A rede municipal possui 918 leitos para Covid-19. Deste total, 288 são leitos de UTI. Nas unidades da rede, há 670 pacientes internados, sendo 287 em UTIs.

Quando se fala na rede SUS da capital, há 1.411 pessoas internadas em leitos especializados, sendo 590 em UTI.

Fila de atendimento

A fila por atendimentos especializados também impressiona: no momento, 206 pessoas esperam por vagas em leitos de UTI voltados para o tratamento do coronavírus na capital e na Baixada Fluminense.

Os índices atuais se aproximam dos registrados na segunda semana de maio, quando a cidade registrou o seu quadro mais crítico de ocupação de leitos de UTI.

No dia 9 daquele mês, 95% dos leitos de enfermaria estavam ocupados. Já em relação aos leitos de UTI, a maior ocupação foi no dia 4 de maio, com 98%.

Coronavírus