PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Brasil atinge 8,2 milhões de vacinados contra covid-19; 3,88% da população

Getty Images / BBC News Brasil
Imagem: Getty Images / BBC News Brasil

Do UOL, em São Paulo

07/03/2021 20h24Atualizada em 07/03/2021 20h37

O Brasil atingiu hoje a marca de 8,2 milhões de vacinados contra a covid-19. No total, 8.220.820 de brasileiros receberam ao menos uma dose da vacina, o equivalente a apenas 3,88% da população nacional. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

A primeira dose de imunizante foi aplicada em 85.417 pessoas nas últimas 24 horas em todo o país. Já 31.562 brasileiros receberam a segunda dose de ontem para hoje.

Ao todo, 2.718.147 pessoas receberam as duas doses da vacina, de acordo com recomendação dos laboratórios que produzem a CoronaVac e a Oxford/AstraZeneca. O número corresponde a apenas 1,28% da população do país.

Proporcionalmente, o Amazonas continua como o estado com o maior número de vacinados: 297.186 habitantes receberam pelo menos uma dose de imunizante. Isto equivale a 7,06% da população local. O Pará permanece como o estado com menor porcentagem de aplicação da primeira dose, com apenas 2,02%.

Mato Grosso do Sul segue em primeiro como o estado que, em termos percentuais, mais aplicou a segunda dose: 2,13% de sua população.

Sem máscaras na decolagem, comitiva usa equipamento em Israel

Sem usar máscaras na decolagem, a comitiva brasileira que vai a Israel em busca de acordos para vacinas e medicamentos contra o coronavírus passou a usar o equipamento de proteção ao desembarcar no país do Oriente Médio. Fotos e vídeos divulgados por integrantes do grupo mostram que os integrantes dispensaram o uso da proteção facial na base aérea de Brasília.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que estava no local, frequentemente critica as máscaras e aparece em lugares públicos sem utilizá-la.

Neste domingo (7), ao desembarcar em Israel, porém, a comitiva teve que usar máscaras. Lá, os brasileiros não poderão circular livremente. O governo de Israel exigiu testes de coronavírus de cada integrante para aceitar receber a missão diplomática. O Brasil enfrenta uma segunda onda de coronavírus e aumento de 11% nas mortes, enquanto o planeta registra queda de 6%.

Em nota ao UOL, o Itamaraty afirmou que "em razão de protocolo sanitário israelense, os integrantes da delegação utilizavam máscaras ao chegarem a Israel, antes da apresentação de resultado de seus testes PCR". "Na chegada ao hotel em Israel, os integrantes da delegação realizaram novo teste PCR."

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

Coronavírus