PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
4 meses

MA prorroga medidas restritivas e antecipa feriado para conter covid-19

Feriado da Adesão do Maranhão à Independência do Brasil foi antecipado para a próxima sexta-feira, 26 de março - Reprodução/Facebook
Feriado da Adesão do Maranhão à Independência do Brasil foi antecipado para a próxima sexta-feira, 26 de março Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

19/03/2021 13h12

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou hoje a prorrogação, até o dia 28 de março, das medidas restritivas anunciadas no início do mês para conter a pandemia do novo coronavírus no estado.

Além da prorrogação das restrições, Dino anunciou a antecipação do feriado da Adesão do Maranhão à Independência do Brasil, comemorado no dia 28 de julho, para a próxima sexta-feira, 26 de março.

Como complemento da prorrogação das medidas e da antecipação do feriado, o governador também determinou a suspensão de atividades que não sejam consideradas essenciais entre os dias 27 e 28 de março.

"Vamos ter três dias — um feriado, que é sexta-feira (26), e sábado (27) e domingo (28) — com a suspensão de todas as atividades não essenciais. Nós vamos ter três dias, em todo o estado, de parada, ressalvado os serviços essenciais", acrescentou.

Para Dino, a paralisação das atividades consideradas não essenciais vai "ajudar a conter a expansão do [novo] coronavírus nesse momento mais agudo da crise no Brasil", em que o país vem quebrando sucessivos recordes na média móvel de mortes por covid-19.

Ainda no anúncio, Flávio Dino determinou a suspensão de cirurgias eletivas na rede privada de saúde, medida que já é adotada pelo setor público, a partir da próxima segunda-feira (22).

Medidas prorrogadas

Todas as medidas anunciadas no início do mês seguem mantidas até o dia 28, segundo Dino. As restrições incluem a suspensão de aulas e a limitação do horário de funcionamento do comércio no Maranhão.

Com isto, as atividades presenciais nas escolas privadas, municipais e estaduais seguem suspensas e os estabelecimentos da Grande São Luís só podem abrir a partir das 9h e devem, obrigatoriamente, fechar até às 21h.

Saúde