PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
15 dias

SP antecipa vacinação de idosos com 67 anos para segunda-feira (12)

Lucas Borges Teixeira, Rafael Bragança e Davi Medeiros

Do UOL, em São Paulo, e colaboração para o UOL

09/04/2021 13h10

O governo de São Paulo anunciou hoje a antecipação da vacinação contra a covid-19 para idosos com 67 anos. Inicialmente prevista para começar na próxima quarta-feira (14), a imunização com a primeira dose terá início já na segunda (12).

O público previsto para ser vacinado nesta faixa etária no estado é de 350 mil pessoas.

dasa - Divulgação/Governo do Estado de São Paulo - Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
Cronograma atualizado da vacinação contra a covid-19 em São Paulo
Imagem: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Apesar do planejamento feito pela gestão do governador João Doria (PSDB), as prefeituras têm autonomia para definirem seus próprios cronogramas. Na capital, Bruno Covas (PSDB) tem seguido o calendário estadual.

Atualmente, São Paulo vacina com a primeira dose os idosos com 68 anos desde a última sexta-feira (2).

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, disse que 587 dos 645 municípios do estado já aplicaram mais de 80% das vacinas recebidas. Segundo a coordenadora do Programa de Imunização, Regiane de Paula, quase 7,4 milhões de doses foram aplicadas até o início da tarde.

Vacinação de trabalhadores de atividades essenciais

Na última quarta (7), o governo paulista anunciou também o início da imunização de outra faixa etária do grupo prioritário. No dia 21, começam a ser vacinados idosos de 66 e 65 anos.

Além da população em geral, o estado também vem vacinando trabalhadores de atividades essenciais, como profissionais da saúde, forças de segurança e funcionários do serviço funerário. A partir de amanhã (10), será a vez dos professores e trabalhadores ligados à educação, com prioridade para pessoas com mais de 47 anos.

Fase vermelha a partir de 2ª

Em entrevista coletiva sobre a pandemia realizada hoje, o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) anunciou que o estado irá para a fase vermelha do Plano São Paulo a partir de segunda, encerrando assim o período em que a fase emergencial esteve vigente, desde 15 de março.

Com a mudança, apenas atividades essenciais seguem podendo funcionar, mas há mudanças como a reabertura de lojas de material de construção, a permissão para retirada de pedidos em restaurantes e a liberação de eventos esportivos após as 20h. Estes, porém, seguem sem a possibilidade de presença de público.

Coronavírus