PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
7 meses

Após restrições mais severas, SP volta para a fase vermelha até 18 de abril

Lucas Borges Teixeira e Nathan Lopes

Do UOL, em São Paulo

09/04/2021 07h51Atualizada em 09/04/2021 15h51

O estado de São Paulo voltará para a fase vermelha do Plano São Paulo a partir de segunda-feira (12), com liberação de jogos de futebol sem público e da abertura de lojas de material para construção. A medida deverá durar ao menos até o dia 18 de abril. A informação foi antecipada pelo UOL.

O anúncio foi feito hoje pelo vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) em pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes. O governador João Doria (PSDB) não participou da coletiva. Atualmente, o estado está na fase emergencial, com mais restrições e uma espécie de toque de recolher das 20h às 5h.

Na avaliação do governo, as medidas restritivas adotadas nas últimas semanas "começam a dar resultado", como disse Rodrigo Garcia na coletiva. A equipe, no entanto, reforça que ainda não é possível falar em relaxamento das regras e é preciso manter o alerta até que haja queda considerável de casos, mortes e internações por covid-19.

No dia 7 de março, tivemos o início da fase vermelha, e 14 dias depois tivemos um efeito muito prático na queda de internações. Pela primeira vez nos últimos dois meses tivemos uma queda significativa, mais pessoas tiveram alta do que foram internadas.
Rodrigo Garcia (DEM), vice-governador

A dúvida sobre fases no Palácio dos Bandeirantes era mais voltada à comunicação do que à flexibilização. A avaliação do governo paulista e do Centro de Contingência é que as restrições têm trazido o resultado esperado, com desaceleração dos indicadores, mas ainda não é momento para uma abertura maior.

Apesar da mudança de fase, ficam mantidos:

  • a proibição de cultos religiosos presenciais;
  • a recomendação de teletrabalho;
  • a recomendação do escalonamento de horários alternados para a entrada de funcionários dos setores de serviços, do comércio e da indústria;
  • o toque de recolher das 20h às 5h.

Na fase vermelha, haverá algumas flexibilizações, como:

  • a reabertura das lojas de material de construção;
  • a retomada de eventos esportivos, como futebol, sem a presença de público e seguindo restrições;
  • a retirada de pedidos de comida diretamente em lojas e restaurantes --o chamado "take away".

As escolas estaduais irão reabrir a partir da semana que vem, segundo o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares —nos dias 12 e 13, professores e funcionários poderão se reunir e as aulas presenciais podem ser retomadas no dia 14.

As redes municipais e particular dependem de decisões de cada prefeitura. A da capital afirmou, após a coletiva, que liberou as aulas presenciais a partir do dia 12.

Apesar das mudanças, o governo de São Paulo ressalta que as restrições continuam e é necessário cumprir as regras para que se alcance melhores resultados.

Nós saímos da fase emergencial para a fase vermelha, mas incorporamos várias recomendações que estavam na emergencial, por entender que elas são importantes nessa transição que estamos passando. Temos redução no número de casos e internações, mas ainda temos óbitos, a redução de número de óbitos só deve ocorrer na segunda quinzena de abril, a partir do dia 15.
João Gabbardo, coordenador-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, destacou que as partidas de futebol, sem público, podem ocorrer a partir deste fim de semana, desde que respeitando o toque de recolher às 20h. "Tivemos discussões com Ministério Público para criar um protocolo rígido, inclusive de testagem", disse.

Mais de 80 mil mortes por covid-19 no estado

As mortes por covid-19 no estado de São Paulo já passaram de 80 mil e seguem em alta. O número de casos está próximo de 2,6 milhões, de acordo com a última atualização.

Até ontem, a ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no estado era de 88,3%. Apesar de ainda estar em um patamar alto, o número tem caído nos últimos dias. Na quarta-feira (7), a taxa de ocupação de leitos de UTI no estado de São Paulo ficou em menos de 90% pela primeira vez em três semanas.

Errata: o texto foi atualizado
A versão anterior deste texto informava que a fase vermelha iria até 19 de abril. Porém, vai até o dia 18.

Coronavírus