PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Anvisa pede para fabricantes avaliarem impacto da ômicron nas vacinas

Anvisa ressaltou que a melhor prevenção, no momento, é manutenção de medidas de proteção e ampla vacinação - Lucas Silva/Governo do Amazonas
Anvisa ressaltou que a melhor prevenção, no momento, é manutenção de medidas de proteção e ampla vacinação Imagem: Lucas Silva/Governo do Amazonas

Do UOL, em São Paulo

01/12/2021 15h20

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou hoje que pediu estudos sobre o desempenho das vacinas contra a covid-19 em relação à variante ômicron para as fabricantes. Segundo o órgão, a expectativa é que os dados das avaliações iniciais estejam disponíveis nas próximas semanas.

A agência ressaltou, porém, a eficácia dos imunizantes aprovados até o momento contra a doença: "As vacinas atuais permanecem efetivas na prevenção contra a covid-19 e desfechos clínicos graves, incluindo hospitalização e morte."

O comunicado diz ainda que o momento "é de cautela": "A melhor coisa que a população pode fazer é ser vacinada ou receber o reforço do imunizante e manter as medidas de prevenção, como o uso de máscara, a higienização das mãos e o distanciamento social."

O Brasil confirmou nesta manhã o terceiro caso de infecção pela nova cepa do coronavírus, anunciada pela primeira vez na África do Sul. A ômicron foi classificada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como "variante de preocupação", mas ainda não se sabe se ela é mais transmissível ou letal que as outras linhagens do coronavírus.

Coronavírus