PUBLICIDADE
Topo

Saúde

EUA passam a vacinar crianças menores de 5 anos contra a covid-19

Nos Estados Unidos, menores de cinco anos serão imunizados com Pfizer e Moderna - David Ryder/Getty Images/AF
Nos Estados Unidos, menores de cinco anos serão imunizados com Pfizer e Moderna Imagem: David Ryder/Getty Images/AF

Do UOL, em São Paulo

21/06/2022 14h04

Os Estados Unidos começaram hoje a vacinar crianças de 6 meses a 5 anos de idade contra a covid-19. Estima-se que 19 milhões de crianças estão aptas a receber a vacina agora no país, depois de um ano e meio do início da imunização no país.

A vacina da Pfizer poderá ser aplicada em crianças de 6 meses a 4 anos e a da Moderna é a recomendada para crianças de 6 meses a 5 anos. Nos dois casos, são necessárias duas doses. Na sexta-feira (17), a FDA (Food and Drug Administration) e o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) autorizaram o uso emergencial dessas vacinas para essa faixa etária e reafirmaram que os imunizantes são seguros e eficazes para prevenir casos graves da doença.

No entanto, apesar da liberação e da comprovação da importância da vacinação, muitos pais nos Estados Unidos resistem. Uma pesquisa da Kaiser Family Foundation, divulgada em maio, mostrou que somente um em cada cinco pais vacinaria seus filhos imediatamente após a liberação dos imunizantes.

Mais de um terço dos pais disseram planejar primeiro ver como a vacina funcionaria em outras crianças para só depois decidir se vacinariam ou não os filhos. Além disso, 27% tinham certeza que não levariam os filhos para receber os imunizantes.

Saúde