PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Dengue: em menos de 6 meses, mortes mais que dobram em relação a 2021

Mortes por dengue subiram 138% este ano em comparação com o ano inteiro de 2021 - iStock
Mortes por dengue subiram 138% este ano em comparação com o ano inteiro de 2021 Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

27/06/2022 08h32Atualizada em 27/06/2022 08h59

As mortes por dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, no Brasil mais que dobraram em menos de seis meses deste ano em comparação com o ano inteiro de 2021. Segundo boletim epidemiológico divulgado na última sexta-feira (24) pelo Ministério da Saúde, os óbitos contabilizados foram 585 no período de janeiro a 20 de junho —o número representa um aumento de 138% em relação a todo o ano passado, quando foram registradas 246 mortes.

De acordo com a pasta, os estados que apresentaram o maior número de mortes foram São Paulo (200), Santa Catarina (66), Paraná (60), Rio Grande do Sul (57) e Goiás (55). Outros 2016 óbitos estão em investigação.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, até 20 de junho deste ano ocorreram 1.172.882 casos prováveis de dengue, com taxa de incidência de 549,8 casos por 100 mil habitantes. Em comparação com o mesmo período de 2021, houve aumento de 196%.

Para o ano de 2022, a Região Centro-Oeste apresentou a maior taxa de incidência de dengue, com 1.629,9 casos por 100 mil habitantes, seguida das Regiões Sul (983,9 casos/100 mil hab.), Sudeste (440,7 casos/100 mil hab.), Nordeste (284,8 casos/100 mil hab.) e Norte (223,2 casos/100 mil hab.).

Prevenção

O Ministério da Saúde afirmou que o combate ao mosquito da dengue é uma tarefa contínua e coletiva.

As principais medidas de prevenção, de acordo com a pasta, são as seguintes:

  • deixar a caixa d'água bem fechada e realizar a limpeza regularmente;
  • retirar dos quintais objetos que acumulam água;
  • cuidar do lixo, mantendo materiais para reciclagem em saco fechado e em local coberto;
  • eliminar pratos de vaso de planta ou usar um pratinho que seja mais bem ajustado ao vaso;
  • descartar pneus usados em postos de coleta da Prefeitura.

Conforme diretriz do SUS (Sistema Único de Saúde), o trabalho de campo para combate ao mosquito transmissor de dengue compete primordialmente aos municípios.

Saúde