Terremoto abala o sudoeste do Japão

Em Tóquio

  • Jiji Press/AFP

    Funcionária limpa garrafas que quebraram após tremor na cidade de Kumamoto, no Japão

    Funcionária limpa garrafas que quebraram após tremor na cidade de Kumamoto, no Japão

Um terremoto de magnitude 6,4 foi registrado na noite desta quinta-feira (14) na ilha japonesa de Kyushu, mas não há risco de tsunami, informaram as autoridades.

O tremor, que segundo o Centro de Geofísica dos Estados Unidos (USGS) teve magnitude de 6,0, foi registrado às 21h26 (9h26 de Brasília) em Kumamoto, no centro da ilha de Kyushu, a uma profundidade de 10 quilômetros, informou a agência meteorológica japonesa.

Trinta minutos depois foi registrado outro tremor, de 5,7 graus de magnitude, sem alerta de tsunami.

O canal público NHK informou que alguns edifícios desabaram e algumas pessoas podem estar presas.

A imprensa também informou que os trens de alta velocidade estavam paralisados.

O Japão, localizado no encontro de quatro placas tectônicas, sofre a cada ano mais de 20% dos terremotos mais fortes registrados no planeta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos