Novo naufrágio no Mediterrâneo faz dezenas de desaparecidos

Roma, 27 Mai 2016 (AFP) - Dezenas de migrantes desapareceram nesta sexta-feira após o naufrágio de um barco de pesca sobrecarregado ao largo da Líbia, o terceiro em três dias, indicaram os serviços de emergência italianos.

A Guarda Costeira italiana lançou às embarcações nas proximidades um alerta evocando "350 pessoas no mar", enquanto a Marinha italiana indicou à AFP que resgatou 130 sobreviventes do naufrágio.

Não foi possível obter maiores esclarecimentos das guardas costeiras, que coordenam o socorro na área.

Depois de quatro dias durante os quais mais de 10.000 migrantes foram resgatados ao largo da costa da Líbia, mais de quinze embarcações em perigo foram relatadas nesta sexta-feira.

Quarta-feira, o naufrágio de um grande barco sobrecarregado fez cinco mortos e uma centena de desaparecidos dos cerca de 550 sobreviventes, muitos dos quais disseram ter perdido um membro da família ou companheiro de viagem.

Quinta-feira, um outro naufrágio na zona fez entre 20 e 30 mortes, de acordo com o porta-voz da operação Sophia, a força naval europeias que combate os atravessadores.

De acordo com números do ACNUR em 25 de maio, 37.785 pessoas chegaram na Itália desde o início do ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos