Alemanha: 26 mulheres dizem ter sofrido agressões sexuais em festival

Berlim, 31 Mai 2016 (AFP) - Vinte e seis mulheres que participavam de um festival de música em Darmstadt (oeste da Alemanha) declararam ter sido vítimas de agressões sexuais, anunciou nesta terça-feira a polícia, que prendeu e depois libertou três paquistaneses.

As vítimas, 14 das quais interpuseram uma demanda imediatamente, explicaram que foram cercadas por homens que cometeram as agressões sexuais.

"As mulheres declararam que os homens (que cometeram os crimes) são do sul da Ásia", informou a polícia em um comunicado.

A polícia também informou que tinha detido três suspeitos paquistaneses e depois os pôs em liberdade, embora não tenha dado mais explicações.

Este caso remete à onda de agressões contra mulheres em 31 de dezembro em Colônia, atribuída a migrantes. Mais de mil demandas foram apresentadas.

Estas agressões, que incluíram roubos, insultos e abusos sexuais, deixaram consternada a Alemanha em plena crise migratória.

Em Darmstadt, a polícia informou que agora estava investigando se os agressores também tiveram a intenção de roubar.

Segundo a mídia local, 400.000 pessoas participaram do festival de música de Darmstadt entre 26 e 29 de maio.

bur-alf/elr/lpt/es/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos