Brexit pode não acontecer, diz Kerry

Washington, 29 Jun 2016 (AFP) - O secretário de Estado americano, John Kerry, disse nesta terça-feira (28) que a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) pode não se concretizar nunca e que Londres não tem pressa de sair.

Kerry se reuniu com Cameron na segunda-feira, em Londres.

De acordo com o secretário, o premiê britânico se sente incapaz de negociar uma saída que não quer.

Falando em um festival em Aspen, no oeste dos Estados Unidos, Kerry disse que Cameron não quer ativar o artigo 50 do Tratado de Lisboa, com o qual se iniciaria o prazo de dois anos para concretizar a saída.

Cameron "se sente incapaz (...) de sair para negociar algo em que não acredita e não tem a menor ideia de como fazê-lo", afirmou Kerry.

Segundo o chefe da diplomacia americana, Londres teme não conseguir um novo acordo de cooperação com a UE no fim do prazo.

Vários presidentes da UE insistiram em que David Cameron deve agir rápido para ativar o artigo 50 e começar as negociações para uma saída e terminar de uma vez com a incerteza política e econômica que gerou o referendo britânico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos