Após Brexit cresce importância da ONU para Reino Unido

Nova York, 29 Jun 2016 (AFP) - O assento permanente britânico no Conselho de Segurança das Nações Unidas se tornou mais importante para afirmar o poder global de Londres após o Brexit, avaliou nesta quarta-feira o embaixador do Reino Unido junto à ONU.

"Meu trabalho se tornou maior", disse o embaixador Matthew Rycroft a jornalistas.

"O Conselho de Segurança se tornou mais importante para o Reino Unido, como uma parte maior da nossa perspectiva total do mundo".

O Reino Unido é um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança, ao lado de Estados Unidos, França, China e Rússia, mas após o Brexit, a França será o único país da União Europeia com assento permanente no organismo.

Alguns diplomatas esperam que o Reino Unido fique mais próximo das posições dos Estados Unidos em política externa, apesar do grande alinhamento que já existe entre os dois países.

Rycroft descartou que o assento permanente britânico no Conselho de Segurança possa ser questionado após o Brexit, afirmando que Londres mantém seu poder de veto sobre qualquer proposta.

No Conselho de Segurança, o Reino Unido lidera os esforços diplomáticos na Líbia, Iêmen, Sudão, Somália e Colômbia, encarregado da redação dos rascunhos das respectivas resoluções.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos