Eurozona declarará Espanha e Portugal em infração por regras do déficit

Bruxelas, 11 Jul 2016 (AFP) - Os ministros das Finanças da zona do euro declararão na terça-feira o descumprimento por Espanha e Portugal das regras do déficit fiscal, disse nesta segunda-feira o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem.

"Os membros da Eurozona darão amanhã [terça-feira] o apoio unânime às recomendações da Comissão", disse Dijsselbloem em coletiva de imprensa ao fim de uma reunião ministerial em Bruxelas.

A Comissão Europeia havia declarado na quinta-feira que Espanha e Portugal descumpriram as normas do déficit e que as medidas recomendadas para que cumprissem as regras não haviam sido tomadas.

Na mesma ocasião, o comissário europeu de Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici, explicou que "desde o momento em que (os ministros) vão nesse sentido, se abre um período de 20 dias que é importante encurtar".

"Vamos iniciar um processo de diálogo com os ministros dos países envolvidos" para que argumentem as razões dos descumprimentos do déficit, acrescentou.

Esses argumentos "devem chegar o mais breve possível para que a decisão seja rápida", afirmou.

As sanções podem chegar a 0,2% do PIB "no máximo, e no mínimo a zero", lembrou.

bur-pa/lmm./cc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos