Conselho da ONU discutirá acordo de paz na Colômbia na sexta-feira

Nações Unidas, Estados Unidos, 25 Ago 2016 (AFP) - O Conselho de Segurança da ONU se reunirá na sexta-feira para planejar como irá respaldar o acordo de paz histórico da Colômbia, que acabará com décadas de conflito do governo com rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

A Organização das Nações Unidas pretende criar uma missão especial no país para monitorar o cessar-fogo, ajudar a desarmar os rebeldes e verificar a conformidade com o acordo de paz.

Depois do acordo final anunciado na quarta-feira, o conselho irá se reunir para discutir os próximos passos, incluindo uma proposta de resolução que concretizará os esforços da ONU para a paz.

"Ajudar o governo da Colômbia na implementação do acordo de paz, que é uma ocasião histórica, é uma tarefa importante para a ONU", disse a repórteres o vice-embaixador britânico, Peter Wilson.

"É nisso que vamos trabalhar amanhã", acrescentou.

A Grã-Bretanha irá assumir a liderança na elaboração das resoluções da ONU para a Colômbia.

Um primeiro grupo de observadores da ONU, que provavelmente contará com 450 pessoas, principalmente da América Latina, chegou à Colômbia para verificar o desarmamento e monitorar o cessar-fogo.

Sob o acordo de paz, as Farc começará a mover seus cerca de 7.000 combatentes das selvas e esconderijos na montanha para campos de desarmamento instituídos pela ONU.

As Farc se tornará um partido político e suas armas serão derretidas para construir três monumentos de paz.

Juizados especiais serão criados para julgar crimes graves cometidos durante o conflito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos