Ciganos expulsos de cidade após assassinato de uma menina na Ucrânia

Kiev, 29 Ago 2016 (AFP) - Uma aldeia ucraniana decidiu expulsar dezenas de famílias ciganas depois que vários de seus habitantes tentaram atacar esta comunidade após o assassinato de uma menina.

As violências explodiram no sábado em Loshchinovka, na região de Odessa (sul), depois que foi encontrado o corpo de uma menina de 8 anos.

Um cigano de 20 anos foi detido, suspeito de ter cometido o assassinato, segundo a polícia local.

Em vídeos difundidos pelos meios de comunicação locais, é possível ver dezenas de habitantes da aldeia se aproximando das moradias ocupadas por ciganos com o objetivo de atacá-las.

A multidão quebrou as janelas, mas ninguém ficou ferido porque todos os membros da comunidade cigana havia fugido pouco antes por temer represálias.

Segundo a polícia, no domingo o Conselho de Aldeia de Loshchinovka já havia tomado a decisão de comunicar à comunidade cigana que não podia mais viver no local.

Segundo a fonte, cerca de 50 ciganos viviam na aldeia.

dg-lap/pop/nm/bds/age/eg/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos