Tiroteio deixa um morto e três feridos no Japão

Tóquio, 29 Ago 2016 (AFP) - Um homem armado matou um funcionário da construção civil e feriu outros três em um escritório na cidade de Wakayama, oeste do Japão, antes de fugir, um crime que chocou um país no qual a violência com armas de fogo é incomum.

O jornal Yomiuri Shimbun informou que o suspeito é filho do proprietário de uma empresa de construção e que ele continuava armado durante a fuga.

O ataque aconteceu dentro de um escritório da empresa durante uma reunião, segundo o jornal.

As quatro vítimas foram levadas ao hospital, onde Junsuke Ishiyama, de 45 anos, faleceu em consequência de um tiro que levou no estômago.

As autoridades pediram aos moradores que permaneçam em suas casas durante a operação policial.

A violência com armas é algo inusual no Japão, que tem um controle para a posse de armas muito rígido.

Em 2015 foram registrados apenas oito incidentes com armas de fogo em todo o país, segundo a Agência Nacional de Polícia, com um morto e três feridos.

As poucas armas de fogo em circulação no país geralmente estão vinculadas ao crime organizado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos