Estado Islâmico anuncia a morte de seu porta-voz em Aleppo

Em Beirute

  • BBC

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) anunciou nesta terça-feira (30) a morte de seu porta-voz, o sírio Abu Mohamed al Adnani, quando estava supervisionando operações militares na região de Aleppo, norte da Síria.

A agência de notícias do EI, Amaq, informou, citando "fontes militares", que Al Adnani morreu "enquanto controlava operações para rechaçar as campanhas militares contra Aleppo".

"Após uma longa viagem coroada de sacrifícios, o xeque Abu Mohamed al Adnani se uniu aos mártires e heróis que defenderam o Islã e combateram os inimigos de Deus", indicou o EI em mensagem difundida pela Amaq.

Al Adnani tinha exortado os partidários do EI a passar à ação em seus países de origem, utilizando qualquer arma disponível - facas, pedras ou veículos - contra os cidadãos dos países-membros da coalizão anti-extremista, em um chamado que aparentemente inspirou vários atentados, especialmente na Europa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos