Audiência sobre extradição de 'El Chapo' aos EUA termina sem decisão

México, 26 Set 2016 (AFP) - A audiência sobre o processo de extradição para os Estados Unidos de Joaquín "El Chapo" Guzmán terminou nesta segunda-feira sem uma decisão, disse seu advogado à imprensa, que comparecerá diariamente no tribunal até que o juiz emita seu veredito sobre o caso do poderoso traficante.

"Tem que esperar. Não há decisão. Só quis estar presente na audiência, nada mais", comentou o advogado Andrés Granados ao sair do tribunal, na Cidade do México.

A chancelaria mexicana avaliou a extradição em maio, mas a defesa interpôs dois recursos em junho para bloquear a entrega do chefe do cartel de Sinaloa para os Estados Unidos, onde é requerido por tribunais do Texas e da Califórnia por acusações que incluem homicídio e narcotráfico.

El Chapo obteve uma decisão provisória para evitar a extradição e nesta segunda-feira o juiz abordou o caso, segundo Granados.

"Vamos vir diariamente para revisar" se o juiz decidir outorgar ou negar os amparos de forma definitiva, adiantou.

Sobre o eventual resultado da análise do juiz, Granados disse que a Secretaria de "Relações Exteriores vai interpôr uma revisão no caso que favoreça" a resolução, "se não nos favorecer vamos solicitar a revisão" por parte de um tribunal colegiado. Esse processo pode levar semanas.

E se esse último recurso não proceder, a defesa disse reiteradamente que tem ordens do poderoso chefe de solicitar à Suprema Corte de Justiça da Nação que considere o caso.

Uma fonte do governo americano disse à AFP sob anonimato que o juiz poderá emitir uma resolução em 15 dias e que, no final do processo jurídico, El Chapo poderá ser extraditado antes do fim do ano.

yo-jg/lth/ja/cb/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos