Bombas explodem em mesquita e centro de convenções na Alemanha sem deixar feridos

Berlim, 27 Set 2016 (AFP) - A cidade alemã de Dresden foi cenário de dois ataques com bomba - um deles contra uma mesquita -, que não deixaram feridos, anunciou a polícia, que atribuiu as explosões a "motivos racistas".

O primeiro atentado aconteceu na segunda-feira à noite diante de uma mesquita, onde estavam um imã, sua esposa e os dois filhos, informou a polícia, que encontrou os vestígios de uma bomba de fabricação caseira.

Trinta minutos depois, a polícia foi alertada sobre uma explosão em um terraço de um centro de convenções desta cidade do leste da Alemanha. O artefato utilizado também era da fabricação caseira.

"Apesar de até agora nenhuma reivindicação ter sido feita, devemos partir do princípio que se tratam de atos de caráter xenófobo", afirmou o chefe da polícia local, Horst Kretzschmar.

Dresden receberá na próxima segunda-feira a cerimônia do 26º aniversário da reunificação da Alemanha, que terá as presenças da chanceler Angela Merkel e do presidente federal, Joachim Gauck.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos