Adolescente sofre estupro coletivo em campo de refugiados na Grécia

Atenas, 28 Set 2016 (AFP) - Quatro menores paquistaneses foram presos por um suposto caso de estupro coletivo contra um adolescente de 16 anos, também paquistanês, em um acampamento de migrantes na Grécia, informou a polícia nesta quarta-feira.

"Quatro menores, de entre 16 e 17 anos, comparecerão hoje ante um procurador", indicou uma fonte policial à AFP.

O incidente ocorreu no sábado no acampamento de Moria, na ilha grega de Lesbos, e os menores foram detidos no domingo, segundo a polícia.

A Grécia acolhe mais de 60.000 refugiados, muitos dos quais encontram-se em acampamentos lotados onde costuma haver um número de migrantes muito superior à capacidade de acolhida dos centros.

Os grupos de defesa dos direitos humanos advertem com frequência que os menores deveriam ser alojados de forma separada para preservar sua segurança.

A comissária europeia para a Justiça, Vera Jourova, pediu há pouco tempo a Atenas que criasse 1.500 novas vagas para as crianças migrantes desacompanhadas. Centenas delas estão detidas por falta de infraestruturas adequadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos