Fed ordena que banco chinês ajuste controles antilavagem de ativos

Washington, 29 Set 2016 (AFP) - O Federal Reserve (Fed) anunciou nesta quinta-feira (29) que ordenou ao Agricultural Bank of China, um dos maiores bancos chineses, que ajuste seus controles internos contra a lavagem de ativos.

A decisão foi anunciada depois que uma ex-funcionária processou o banco no ano passado. Ela alegou ter sido maltratada e forçada a deixar seu emprego, após ter informado ao Fed que o banco possivelmente violava a regulamentação vigente contra a lavagem de dinheiro.

A funcionária, Natasha Taft, chegou a um acordo com o banco no início de mês.

O Fed chegou a um acordo com o banco, que se comprometeu a aumentar seus controles internos para garantir que suas transações são legítimas.

O acordo dá ao banco 60 dias para completar a revisão de seus procedimentos e comunicar ao Fed como melhorará o monitoramento de suas transações e prevenirá a lavagem de ativos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos