Trem colide em estação e deixa um morto e cerca de 100 feridos nos EUA

Hoboken, Estados Unidos, 29 Set 2016 (AFP) - Um trem repleto de passageiros colidiu nesta quinta-feira contra a plataforma da estação de Hoboken, em Nova Jersey, em um acidente que, segundo o governador do estado, deixou um morto e cerca de 100 feridos.

"Temos que orar por esta vítima fatal, que temos até agora, e pelos outros feridos", afirmou Chris Christie à CNN. Anteriormente, a imprensa falava de ao menos três mortos.

O trem não conseguiu parar ao entrar na estação e terminou se chocando contra a plataforma, deixando em sua passagem um cenário de destruição e cenas de pânico entre os passageiros.

Um funcionário do sistema de trânsito de Nova Jersey, Michael Larson, disse à imprensa que o trem colidiu com um bloco de concreto na entrada da estação.

A força do impacto fez com que o trem saísse dos trilhos e colidisse com o teto do terminal, provocando uma grande destruição nas instalações.

Por sua vez, Jennifer Nelson, porta-voz da Autoridade de Transportes, disse que "temos mais de 100 feridos" e "muitos em estado grave".

As redes de televisão NBC e CBS informaram sobre ao menos três casos fatais entre os feridos, embora este saldo ainda não tenha sido confirmado por fontes oficiais.

De acordo com Nelson, o trem transportava 250 passageiros quando ocorreu o acidente, por volta das 9 da manhã locais (10h00 de Brasília).

Passageiros que estavam a bordo do trem narraram à imprensa suas impressões do ocorrido, incluindo as cenas de pânico após a batida.

"O trem nunca freou. Voamos sobre o bloco no fim da via. Depois pânico. Havia gente tentando quebrar as janelas para sair do trem", disse Jim Finan, que estava em um dos vagões.

De acordo com Finan, "quem viajava de pé saiu voando. Vi muitas pessoas com ferimentos na cabeça e com cortes".

"Colidimos e as luzes se apagaram. Havia gente gritando", disse por sua vez Leon Offengenden à CNN.

"Foi caótico. Havia gente em estado de choque, mas também havia gente usando seus telefones para fazer fotos, e seus tablets. Havia nervosismo. Eu mesmo tirei algumas fotos e fiz um vídeo", contou.

- Investigação -Nelson disse a repórteres no local do acidente que ainda não se sabe a razão pela qual o trem não conseguiu reduzir a velocidade ao entrar na estação.

"Estamos analisando todas as causas que podem ter provocado este acidente", disse.

Centenas de agentes da polícia, bombeiros e serviços médicos de urgência estavam no local.

Uma testemunha disse à AFP que instantes depois do acidente as pessoas que estavam na estação abandonaram o local às pressas.

No interior, era possível ver a enorme destruição provocada pelo trem, e parte do teto da estação havia desabado.

Vídeos que começaram a circular pouco depois do acidente mostram a estação literalmente em ruínas, com o trem em meio a cabos e parcialmente coberto pelos escombros do teto.

O último acidente importante com trens nos Estados Unidos ocorreu em maio de 2015, quando um trem que havia saído de Washington em direção a Nova York descarrilou na Filadélfia, deixando oito mortos e 200 feridos.

tu-bur/ahg/yow/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos