Turismo mundial cresce 4% no primeiro trimestre, aponta OMT

Madri, 29 Set 2016 (AFP) - O número de turistas em nível mundial aumentou 4% no primeiro semestre, impulsionado em particular pela região Ásia-Pacífico e África, e em menor medida pela América Latina e pela Europa - de acordo com dados publicados nesta quinta-feira (29) pela Organização Mundial do Turismo (OMT).

Pelo menos 561 milhões de turistas percorreram o mundo na primeira metade do ano, quase 21 milhões a mais do que no primeiro trimestre de 2015. As perspectivas para o resto do ano são "positivas", segundo a OMT, que não antecipou dados.

A região Ásia-Pacífico recebeu mais 9% de visitantes internacionais, "graças a uma forte demanda intrarregional", informou o comunicado. A Oceania foi líder com um aumento de 10% de turistas.

As Américas Central e do Sul tiveram um aumento de 6% nas chegadas de turistas, enquanto que aumentaram 4% no Caribe, em parte graças aos visitantes americanos, indicou o organismo.

A Europa teve um aumento menor, de 3%, e variou por regiões: os países do leste e do norte registraram mais 5% de visitas internacionais, enquanto os do oeste e do sul tiveram um crescimento de apenas entre 1% e 3%, em um contexto de medo por eventuais atentados.

As mesmas preocupações geraram uma queda de 9% no número de turistas na África do Norte e no Oriente Médio.

A África teve um aumento de 5%, graças à recuperação da zona subsaariana (+12%), depois de superada a crise de ebola.

A China, principal provedor de turistas, registrou uma alta de 20% do gasto de seus viajantes no primeiro trimestre. Os americanos, que se beneficiaram de um dólar forte para viajar, gastaram 8% a mais.

Outros países que mostraram um aumento no gasto de seus viajantes no exterior foram Espanha (20%), Noruega (11%) e Austrália (10%).

Já os gastos dos viajantes do Brasil e da Rússia "continuam sendo fracos, refletindo as limitações econômicas e moedas desvalorizadas nos dois mercados", acrescentou a OMT.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos