Ataque a Academia de Polícia no Paquistão deixa 20 mortos e 20 feridos

Quetta, Paquistão, 24 Out 2016 (AFP) - Seis homens armados atacaram na noite desta segunda-feira (24) um centro de formação da polícia perto da cidade de Quetta (sudoeste), deixando cerca de 20 mortos e mais de 20 feridos - anunciaram as autoridades paquistanesas.

"Pelo menos 20 pessoas morreram, mas esse não é um balanço definitivo. Vamos confirmar de manhã", disse à imprensa o ministro provincial de Assuntos Internos do Baluchistão, Mir Sarfaraz Ahmed Bugti.

Mais cedo, o porta-voz do Executivo do Baluchistão, Anwar Kakar, informou que houve 21 feridos - recrutas em sua maioria.

O ataque foi contra o Colégio da Polícia do Baluchistão, situado 20 km ao sul de Quetta.

Disparos eram ouvidos horas mais tarde.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque até agora, mas sabe-se que os separatistas atuam há vários anos no Baluchistão, província sacudida por conflitos intercomunitários frequentes e atos de violência cometidos por extremistas islâmicos.

mak-ia/bds/cnp/eg/mvv/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos