Dois mortos em explosão de depósito de armas em Aleppo

Damasco, 24 dez 2016 (AFP) - Duas pessoas morreram neste sábado em Aleppo na explosão de um armazém de armas e explosivos de um bairro rebelde recentemente reconquistado pelo Exército sírio, que continua com suas operações de desminagem, indicou a agência oficial Sana.

A explosão ocorreu em uma escola do bairro de Sukkari, que os insurgentes tinham transformado em "depósito de munições e explosivos", segundo a mesma fonte. Duas pessoas morreram e 33 ficaram feridas, entre elas quatro em estado crítico.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) confirmou a morte de dois membros das forças do regime na explosão, detalhando que esta tinha ocorrido durante as operações de desminagem.

O organização anunciou, ainda, a morte de outras três pessoas em explosões de bombas em outro setor de Sukkari e no bairro de Ansari.

Na quinta-feira à noite, o Exército informou que retomou o controle total de Aleppo, após uma operação de retirada de milhares de civis e rebeldes da segunda cidade do país.

Fora de Aleppo, seis civis, entre eles duas crianças, morreram em bombardeios aéreos na localidade de Atareb, situada em território rebelde, segundo o OSDH, que não sabe se se tratou da aviação russa, aliada do regime, ou síria.

bur-mjg/tgg/sk/vl/aoc/mb/db

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos