Kerry: Israel e Palestina devem aceitar fronteiras de 1967 e dividir capital Jerusalém

Washington, 28 dez 2016 (AFP) - O secretário de Estado americano, John Kerry, urgiu nesta quarta-feira a Israel e à futura Palestina a estabelecerem dois Estados baseados nas fronteiras anteriores à Guerra dos Seis Dias de 1967, com um intercâmbio consensual de territórios.

Kerry, que deixará o cargo em 20 de janeiro, também insistiu em que Jerusalém deve ser reconhecida internacionalmente como "a capital de dois Estados" e que Israel deve ser reconhecido como um "Estado judaico", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos