Justiça austriaca autoriza extradição para os EUA de oligarca ucraniano

Viena, 21 Fev 2017 (AFP) - Um tribunal de apelação de Viena aprovou nesta terça-feira um pedido de extradição apresentado pelos Estados Unidos contra o oligarca ucraniano Dmytro Firtash, acusado de corrupção na Índia.

Dmytro Firtash, um dos homens mais ricos da Ucrânia, amigo do ex-presidente pró-russo Viktor Yanukovich, foi detido em março de 2014 na Áustria, a pedido do FBI americano.

Foi libertado dez dias depois de pagar uma fiança de 130 milhões de dólares, um recorde na Áustria, mas teve de permanecer no país até a decisão do tribunal de apelação.

As autoridades dos Estados Unidos pediram sua extradição par que seja julgado por atos de corrupção relacionados com a exploração de uma mina de titânio na Índia, subornos que foram feitos através de instituições financeiras americanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos