Pequim constrói estruturas para mísseis no mar da China Meridional

Washington, 23 Fev 2017 (AFP) - Recentes imagens de satélite sugerem que Pequim está construindo estruturas destinadas a abrigar mísseis terra-ar SAM em ilhas artificiais do mar da China Meridional - indicou o grupo Asia Maritime Transparency Initiative (AMTI), em Washington, nesta quinta-feira (23).

De acordo com a instituição, as imagens mostram que essas estruturas, cuja construção começou entre o final de setembro e o início de novembro, foram erguidas em três pequenas ilhas do arquipélago das Spratleys (mar do sul da China).

"Isso mostra que não foi feito em reação ao ciclo político de Washington, mas que se trata principalmente de um modelo constante de militarização por parte da China", afirma o grupo.

Mísseis SAM HQ-9 já haviam sido instalados na ilha Woody e cobertos apenas por redes de camuflagem, afirmou a ATMI, e as novas construções permitiriam proteger melhor os mísseis.

Embora Pequim insista em que não quer militarizar as disputadas águas do mar da China Meridional, reivindicadas por vários países da região, as imagens de satélite mostram que construíram equipamentos militares e pistas de aterrissagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos