ONU: 400.000 pessoas retidas na área antiga de Mossul

Genebra, 23 Mar 2017 (AFP) - Quase 400.000 pessoas estão "presas" pelos jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) na área antiga da cidade de Mossul, informou um representante da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) no Iraque.

Um total de 600.000 pessoas se encontram nas zonas que não foram reconquistadas pelas forças iraquianas na zona oeste de Mossul, 400.000 delas na área antiga, explicou por telefone à imprensa o representante Bruno Geddo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos