Bombardeio a hospital de campanha deixa cinco feridos na Síria

Beirute, 22 Abr 2017 (AFP) - Um bombardeio aéreo alcançou neste sábado (22) um hospital de campanha em uma região rebelde na província de Idleb, no noroeste da Síria, ferindo pelo menos cinco pessoas - informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Um hospital situado em uma gruta na região de Al-Abdin, no sul da província de Idleb, foi atingido por um bombardeio que provocou danos significativos e ficou inutilizável", relatou à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Segundo um primeiro balanço, "cinco membros do pessoal médico ficaram feridos e foram retirados dos escombros, enquanto outros quatro continuam desaparecidos", acrescentou.

A província de Idleb costuma ser alvo do governo sírio e de seu aliado russo.

Em 4 de abril, um suposto ataque químico contra a localidade de Khan Sheikhun, na mesma província, deixou dezenas de mortos. Várias crianças estavam entre as vítimas.

Al-Abdin fica a oito quilômetros de Khan Sheikhun.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos