Papa: "nenhuma violência pode ser cometida em nome de Deus"

Cairo, 28 Abr 2017 (AFP) - O papa Francisco declarou nesta sexta-feira no Egito que "nenhuma violência pode ser cometida em nome de Deus porque profanaria Seu nome".

Em um ato celebrado na instituição sunita Al Azhar, o Papa assegurou que a religião não é a causa dos conflitos, e sim sua solução, já que "os populismos demagógicos não ajudam a consolidar a paz".

cn-emp/bpe/jz/pa/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos