Síria: 16 civis mortos em bombardeios da coalizão perto de Raqa

Beirute, 24 Mai 2017 (AFP) - Dezesseis civis, incluindo cinco crianças, morreram nesta quarta-feira em bombardeios da coalizão liderada por Washington perto de Raqa, principal reduto do grupo extremista Estado Islâmico (EI) na Síria e alvo de uma ampla ofensiva.

Os bombardeios aéreos tiveram como alvo a localidade de Baruda, que fica 15 quilômetros ao oeste de Raqa, a "capital de fato" do EI, na região norte do país, informou a ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

"Ao menos 16 civis, incluindo uma mulher e os cinco filhos e três casais, morreram nos ataques", afirmou à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

"Em sua maioria são deslocados, civis que fugiram dos intensos bombardeios em outros territórios (controlados pelo) EI na província de Homs", mais ao sul, destacou Abdel Rahman.

Na terça-feira, o OSDH informou que a coalizão internacional executou entre 23 de abril e 23 de maio os ataques aéreos mais letais para os civis na Síria, que provocaram 225 mortes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos